quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Metamorfose da borboleta

Larva da borboleta, a lagarta come folhas para crescer. Quando estiver bem desenvolvida, ela tece um casulo e nele fica por dias ou meses, a depender da espécie. Dali só sai como borboleta, com asas amassadas e corpo mole.



Metamorfose da borboleta
1. A borboleta passa por transformações fantásticas ao longo da vida. Quando lagarta come incansavelmente as folhas de uma planta do jardim. Essa comilona é a forma jovem da borboleta. Ela, que nem asa tem, vira um bicho capaz de voar graças à metamorfose!
2.   A lagarta é a larva da borboleta e, quando sai do ovo, tem duas funções: comer e crescer. Por isso, ela não pode fazer regime! À medida que se alimenta, cresce e realiza mudas, isto é, troca a camada externa do seu corpo para acompanhar seu crescimento.
3.  Depois de crescer e se alimentar bastante, a lagarta transforma-se em pupa. Agora, ela não precisa mais comer e está protegida em um casulo, onde ficará por alguns dias ou vários meses, dependendo da espécie. Dali a borboleta sairá ainda com o corpo mole e as asas amassadas. Mas, em questão de horas, seu corpo irá endurecer e ganhar cor, suas asas irão tomar forma e se fortalecer. E a borboleta, adulta, terá pela frente poucas semanas para cumprir sua missão: se reproduzir e colocar ovos.
4. Esse processo de transformação que acontece com a borboleta é chamado metamorfose completa. Ele é visto em outros insetos também, como besouros, moscas, abelhas e mariposas. Bichos como baratas, percevejos ou gafanhotos, por outro lado, realizam a chamada metamorfose incompleta.
5. Talvez você já tenha visto alguma barata ou algum gafanhoto que não voava. Esse inseto era incapaz de alçar vôo porque estava na fase jovem e suas asas não estavam desenvolvidas totalmente. Era uma ninfa. Isto é, uma forma imatura, mas parecida com o inseto adulto, que ocorre na metamorfose incompleta! Menores do que os adultos, as ninfas têm bocas e olhos semelhantes aos deles e a mesma alimentação.

Ciência Hoje das Crianças 140, outubro 2003
Márcio Borges-Martins e Luciano de Azevedo Moura - Museu de Ciências Naturais,
Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
.



Após a leitura do texto, faça o que se pede:
1)     Numere os parágrafos do texto.
2)     Agora escreva um título para cada um deles.
Professor, essas são apenas sugestões de títulos. É importante verificar se o título (escrito pela criança) tem coerência com o texto.
1- Transformações ao longo da vida.
2- Lagartas comilonas.
3- Período de incubação.
4- Metamorfose completa.
5- Fase jovem de alguns seres.
3)     Observe as palavras abaixo. Reescreva as palavras nas linhas abaixo, separe-as em sílabas, identifique as sílabas tônicas e grife-as com lápis vermelho:
  Também – Espécie – Formam – Metamorfose – gafanhoto – reproduzir – comilona – borboleta


Também              TAM – BÉM
Espécie              ES – - CIE
Formam              FOR – MAM
Metamorfose         ME – TA – MOR – FO – SE
Gafanhoto          GA – FA – NHO – TO
Reproduzir         RE – PRO – DU – ZIR
Comilona           CO – MI – LO – NA
Borboleta           BOR – BO – LE- TA




4)     Leia o texto a seguir sobre a Borboleta Coruja:
Borboleta Coruja:
Nome científico:
Caligo eurilochus brasiliensis
A borboleta coruja existe somente na América do Sul. Em geral, são muito grandes, estando entre as maiores da América do Sul. Esta espécie é a maior borboleta do Brasil, com até 17 cm de envergadura, ou seja, de ponta a ponta das asas. Seus hábitos são crepusculares: permanecem pousadas em troncos durante o dia e voam de manhã ou nas últimas horas do dia, antes do anoitecer.
As fases de ovo, lagarta e pupa duram cerca de 3 meses e meio. O tempo de vida da borboleta adulta pode chegar a mais de 3 meses.
Esta espécie consegue escapar dos predadores graças a sua semelhança com uma folha. Quando ameaçada abre as asas de repente, revelando enormes olhos e empina o corpo. Para seu predador a folha transformou-se em coruja que é um dos maiores inimigos de pequenos animais.
a)      O texto sobre a borboleta coruja conta informações importantes sobre essa espécie. Essas informações poderiam ser apresentadas em outra ordem?  Explique.
Sim, o texto informativo dá essa flexibilidade de arranjo. É importante que o aluno perceba isso e declare em sua resposta que se a ordem for alterada, não haverá comprometimento na compreensão das informações do texto.
b)      Registre em qual parágrafo as informações podem ser encontradas:
Tempo de vida da borboleta coruja - 2º parágrafo.
Local onde pode ser encontrada – 1º parágrafo.
Tamanho – 1º parágrafo.
Mecanismos de defesa – 3º parágrafo.


c)      Escreva com suas palavras um texto com as informações do primeiro e segundo textos. Esse texto deverá seguir o roteiro abaixo e não poderá ser copiado do texto original. Cada parágrafo deverá conter as seguintes informações:
     - 1º parágrafo: Falar sobre a metamorfose.
                            .Fase lagarta
                            .Fase de Pupa.
                           .Fase adulta.
    - 2º parágrafo: Tempo estimado de vida.
    Atenção: Critérios para correção dessa questão:
   - Organização das ideias em relação aos parágrafos solicitados;
   - Coerência
   - Ortografia e pontuação.
Professor,
Esse texto é pessoal. Fique atento aos critérios solicitados e se sentir necessidade acrescente outros.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Um comentário:

  1. QUE LINDO O SEU BLOG! TAMBÉM TRABALHO COM CRIANÇAS VOLUNTARIAMENTE E ESTOU TERMINANDO O CURSO DE MAGISTÉRIO, BLOG COMO O SEU AJUDAM DEMAIS, JÁ SOU SEGUIDORA.

    ResponderExcluir