terça-feira, 31 de maio de 2011

Zangão e Abelhinha

Zangão e Abelhinha

-Bzzzzz!
 Bom dia, Abelhinha!
-Bzzzzz!
 Bom dia, Don Zangão!
-Bzzzzz?
 Como tem voado?
-Bzzzzz!
 Bem, muito obrigada!
-Bzzzzz?
 Que tal uma voadinha?
-Bzzzzz!
 Eztou lizonjeada!

Lá vão eles zunindo felizes
Vão fazendo algazarra no caminho

De mãos dadas vão voando sozinhos
Resolveram encontrar uma linda flor

Abelhinha é muito formosa
Don Zangão, bom cavalheiro
Abelhinha tem uma rosa-menino no cabelo
Don Zangão é grandalhão
E dos zangões é o primeiro

-Bzzzzz!
Aponta a Abelhinha
-Zúpi zúpi zúpi!
Se assanha Don Zangão

Adiante existe um jardim
É provável que seja assim:
Flor de mirra, azaléia e cravina
Rosas coloridas, jacinto e jasmim

-Bzzzzz!
Se encanta a Abelhinha
-Bzzzzz!
Se esbalda o Don Zangão

Tem narciso que é muito bonita
Copo de leite e dente de leão
Estão contentes lambendo a margarida
Há dez dezenas de pétalas no chão

-Bzzzzz!
 Zou Eva daz abelhaz!
-Bzzzzz!
 E eu zou o Adão!

Mas de repente eis que surge uma Vespa
Ameaçando acabar com a diversão

-Ai, meu Zezuz Crizto!
Se assusta a Abelhinha
-Clé clé clé clé clé!
Bate os dentes Don Zangão

A Vespa voa veloz como um tufão
E Abelhinha balbucia uma oração
Nosso mocinho a esconde na orquídea:
-Bzzzzz!
 Zilênzio, minha vida!
E ela responde:
-Bzzzzz!
 Cuidado, corazão!

Há cenas violentas que assombram o jardim
Ecoam zum-zum-zuns que parecem não ter fim
Don Zangão é atirado num ramo de alecrim
A Vespa não dá trégua, a cruel espadachim

-Dzdzdzdzdz!
 Ze entregue, ó , Zangão!
-Bzzzzzzzzzz!
 Não zou de deziztir!

O céu entra na guerra e lança chuva com furor
A água se mistura com algum grito de dor

Tudo é silêncio... onde estará o Don Zangão?
A triste Abelhinha procura o seu herói no chão

-Bzzz?
 Cadê o meu amor?
-Bzzz?
 Cadê o meu bem-querer?

Lá vai a Vespa levada pelas águas
E olhe só!
Veja você!
Decolando de uma tábua
Em zigue-zague vem voando Don Zangão!
É de dar dó...
Está machucado o valente guerreiro
Mas a Abelhinha o cobre com mil zilhões de beijos

-Ai ai ai ai ai!
 Eztá doendo quaze tudo!
-Glup glup glup!
Goles de pólen é o remédio mais perfeito

-Bzzzzz!
Lá se vão nossos pombinhos


-Bzzzzz!
A chuva já passou
-Bzzzzz!
Vão voando até um vasinho
-Bzzzzz!
Onde vive uma linda flor

Caco Nemer

Nenhum comentário:

Postar um comentário